20 de set de 2009

Criança de dois anos tem refeições apenas na escola

Bruno Ribeiro - Agora - 18.09.09

Com uma renda mensal de R$ 420, aluguel de R$ 200 e uma dívida no banco de R$ 300, decorrente do tempo em que o marido estava desempregado, a dona de casa Rosemeire Gomes dos Santos, 25 anos, passou os últimos três dias aflita com a ideia de que caberia a ela decidir qual refeição seu filho de dois anos deixaria de fazer. "Dói demais ter de escolher entre tirar o café da manhã ou o jantar da boca do meu filho", disse.

Ela havia sido informada, na última terça-feira, que teria de fazer essa opção. Sabia que, qualquer que fosse a escolha, abriria mão de uma refeição para o filho. "Me senti a pior das piores." Saiu da creche do filho sem preencher o papel com a pergunta.

Rosemeire vive com o marido, um faxineiro de 27 anos, o filho de dois anos e um outro bebê, de três meses. Ontem, disse que teria de pedir arroz na casa de alguns vizinhos para poder fazer o jantar. "Não tenho dinheiro para fazer compras. Comprar fralda e papinha [para o caçula]. Eu contava com a comida da escola [para o filho mais velho]", afirma.

"Durante a semana dividimos o pouco que a gente tem. Eu e meu marido já comemos menos para deixar para meu filho", disse Rosemeire, que vive no Parque Novo Mundo (zona norte de SP). No fim do dia, ao saber da decisão da prefeitura, ela estava indignada. "Qual foi o motivo para tudo isso?", questionou.

Clique na imagem para ampliar
merenda_agora.jpg

Luis Favre - 18.09.09




3 comentários:

Anônimo disse...

Infelizmente essa é uma realidade atual das grandes Cidades.E fico aqui pensando: e quantas crianças ainda nem creche conseguiram.O que fazer? E fico abismado que estas familias ainda pôe mais filhos no mundo e nem conseguem cuidar de uma.
Um grande abraço
Edegard + Amigos

Drauzio Milagres disse...

Essa é a proposta de ação da turminha do DEM e do PSDB. Quem sabe se com a repercusão esse infeliz não volta atrás? Será que o Paulistano vai votar no DEM e/ou no PSDB? Um abraço. Drauzio Milagres.

Arierom Salik disse...

O que pode se esperar de um DEMoníaco que não tem filhos? De um DEManíaco que nunca foi pobre? Promessas de campanha? será que ele lembra de alguma? Se lembrasse cumpriria...
Eita ferro se ele for candidato a governador...