18 de dez de 2012

Mães enfrentaram toda gestão Serra e Kassab sem conseguir vagas nas creches de São Paulo

 Fotos: Márcia Brasil
Nádia Campeão (vice Prefeita) e Fernando Haddad conversam com mães trabalhadoras que sofrem na gestão Kassab numa das  regiões mais populosas e carentes de São Paulo com a falta de vagas em creche, Cidade Ademar.

Por Márcia Brasil


Haddad vai herdar 171 mil crianças à espera de creche

Por Rafael Italiani - Agora - 18.12.12

O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), vai herdar uma fila de 170.858 crianças à espera de vaga em creches, segundo balanço de setembro deste ano da Secretaria Municipal da Educação, o mais recente da prefeitura. 


Esta é a segunda maior fila registrada pela administração, em setembro de 2011 havia 174.960 cadastros. 


O número atual é 93,7% superior ao de junho de 2007, quando a secretaria começou a divulgar os dados da fila da creche. 


Na época, 88.218 crianças aguardavam uma vaga. 


Já em relação a junho deste ano, mês do levantamento anterior, houve um acréscimo de 25 mil crianças na fila. 


Na campanha eleitoral de 2008, uma das promessas do prefeito Gilberto Kassab (PSD) era a de zerar a fila da creche. 


Em setembro deste ano, havia 210 mil crianças matriculadas, um aumento de 168,4% em relação a junho de 2007, quando elas eram 78.474. 


A Secretaria Municipal da Educação afirma que a criação de vagas foi recorde. 


Resposta
 

A Secretaria Municipal da Educação afirmou, por meio de nota, que "houve uma criação recorde de vagas". 


De acordo com a pasta, nos últimos oito anos foram abertas mais de 150 mil vagas.

Também disse que houve uma redução da fila em relação a setembro do ano passado, mês em que foi registrado o recorde de crianças à espera da creche desde que os dados começaram a ser divulgados. 


Segundo a pasta, "isso é uma demonstração dos esforços esforços da prefeitura para suprir as necessidades da população". 


A administração também diz que o Grajaú "tem uma grande área de manancial e, por isso, as construções não podem ser feitas em boa parte da região". 


Luan Pedro da Silva deve ser chamado em breve e a pasta não deu previsão para o caso Pedro Henrique da Silva.

Nenhum comentário: