1 de jan de 2011

A despedida de Lula e a passagem da faixa para a Dilma presidenta.

Foto: Domingo Peixoto
Foto: Celso Junior/ AE


Dilma Rousseff toma posse e promete governar para todos

Por Carol Pires, Rodrigo Alvares e Fernando Nakagawa - AE
01.01.2011

Dilma Rousseff tomou posse neste sábado como presidente do Brasil. Ela fez o juramento no Congresso e assinou o termo de posse, assim como o vice-presidente Michel Temer. Por volta das 16h45, o agora ex-presidente Lula passou a faixa presidencial a ela.
'Eu estou muito emocionada pelo encerramento do mandato do maior líder que este país já teve', afirmou a presidente. 'Conviver todos esses anos com o presidente Lula me deu a dimensão do governante justo', afirmou a presidente no Parlatório do Palácio do Planalto, já com a faixa.
Segundo ela, a alegria da posse se mistura com a emoção da despedida de Lula. 'Mas Lula está conosco. A distância de um cargo não significa nada para um homem de tamanha grandeza e generosidade' afirmou.
A presidente voltou a pedir a união de todos para o bem do País. E citando uma líder indiana que disse que não se pode trocar aperto de mãos com punhos fechados, declarou: 'Pois eu digo que minhas mãos vão estar abertas e estendidas para todos, desde os nossos aliados de primeira hora até aqueles que não nos acompanharam no processo eleitoral. É com esse espírito de união que eu assumo o governo do meu país', afirmou. 'Não peço que ninguém abdique de suas convicções. Buscarei o apoio, respeitarei a crítica', acrescentou.
Após discurso no parlatório a presidente recebeu no salão Nobre do Planalto os cumprimentos das autoridades estrangeiras. Lula desceu a rampa do Palácio do Planalto de braços dados com Dona Marisa e Dilma, acompanhados por Michel Temer. Depois de descer a rampa acompanhado pela presidente Dilma Rousseff (PT), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) atravessou a rua e, literalmente, caiu nos braços do povo. Lula foi receber os cumprimentos da população que gritava por seu nome na Praça dos Três Poderes e foi cercado por populares, que o abraçaram, apertaram sua mão e tiraram fotos.
Enquanto isso, Dilma retornou ao Salão Nobre do Palácio do Planalto para a cerimônia de posse dos 37 ministros escolhidos para o seu governo. Após a confraternização com o povo, Lula se dirigiu para a Base Aérea de Brasília, onde embarca para São Bernardo do Campo (SP).
À noite haverá um coquetel no Itamaraty, onde se reunirão as autoridades estrangeiras e cerca de 2 mil convidados.
Passagem da faixa
Dilma chegou ao encontro de Lula após desfilar em carro aberto junto a sua filha. Antes, ela passou em revista as tropas, foi saudada por tradicional salva de 21 tiros de canhão e fez juramento no Congresso e o primeiro discurso como presidente.
'Pela decisão soberana do povo, hoje é a primeira que uma faixa presidencial cingirá o ombro de uma mulher. Sinto uma imensa honra por essa escolha do povo brasileiro', afirmou Dilma Rousseff em primeiro discurso como presidente.
'Venho para abrir portas para que muitas outras mulheres no futuro sejam presidentas. Não venho para enaltecer a minha vida, mas glorificar a vida de cada mulher brasileira. Venho para consolidar a obra transformadora do presidente Luiz Inácio Lula da Silva', declarou Dilma. 'Vivemos um dos melhores períodos da história nacional. Reduzimos sobretudo a nossa dívida social. A nossa histórica dívida social'. A presidente também lembrou os presidentes anteriores a Lula.

Vídeos do dia da posse



 










Um comentário:

Eduardo disse...

se puder venha conhecer o meu blog e ler algumas considerações que fiz!
Um abraço!
http://pensamentosduneto.blogspot.com/