2 de jun de 2009

Mercadante debate com pai da Internet projeto de inclusão nas escolas e uso da web nas eleições

Do site Senador Mercadante - 02.06

O Vice-presidente mundial do Google, Vinton Cerf, apoiou nesta terça-feira o projeto do senador Aloizio Mercadante que garante o acesso à banda larga de todos os alunos de escolas públicas, inclusive na zona rural do País. Líder do PT e do bloco de apoio, Mercadante reafirmou sua decepção pelo fato de sua proposta - já aprovada por unanimidade no Senado - ainda não ter sido apreciada pela Câmara dos Deputados.

“A internet muda a forma de os estudantes aprenderem”, afirmou Cerf, durante audiência pública promovida pela Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) para debater as oportunidades e desafios futuros da internet. Segundo Cerf, estudos sugerem a existência de algo em torno de 1 bilhão de pessoas conectadas à internet no mundo, e o sucesso da web só tem acontecido por causa da participação dos usuários.

O projeto de Mercadante propõe o uso de recursos já existentes no fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) para prover a cada um dos 49 milhões de alunos de computador, endereço eletrônico e material produzido especialmente para o uso da internet como instrumento de aprendizado.

Ao contrário do programa governamental de banda larga nas escolas, lançado pelo presidente Lula, o projeto do senador se diferencia por incluir o acesso a alunos das escolas do meio rural. Mercadante reafirmou que o acesso à Internet por banda larga melhora significativamente o desempenho escolar dos alunos e estimula a participação em sala de aula. Além disso, é fundamental para a criação de uma sociedade do conhecimento, capaz de prover o País, no futuro, de maior poder de competitividade, em uma economia globalizada ágil.

“Venho novamente mostrar a importância de que a Câmara acelere a votação do projeto”, conclamou o senador, que recebeu apoio imediato do deputado Paulo Teixeira, também do PT de São Paulo. Durante a audiência, Mercadante salientou o crescimento do uso de computadores. Somente no ano passado, foram mais de 11 milhões de unidades vendidas no Brasil.


Eleições e web

Depois de lançar recentemente um novo portal, um canal mais ágil e interativo de diálogo com a sociedade, interligado às principais redes sociais, Mercadante também ressaltou a importância de o Congresso discutir o uso da Internet nas eleições. Citou o caso do presidente dos Estados Unidos, Barak Obama, que teve na internet um dos mais importantes aliados para transmitir informações, angariar apoios e administrar a campanha.

“A rede mundial proporciona velocidade, pluralidade e interatividade”, afirma. E compara: a internet “um espaço que tem o potencial de contribuir para a formação de uma sociedade menos desigual e mais cidadã, porque representa hoje o que a Praça Pública era na Grécia antiga”, explicou o senador, ao falar sobre sua nova plataforma de comunicação.

São cada vez maiores os instrumentos - como twitter, orkut, facebook, flickr, ning, youtube - interagindo, trocando informações, comentando, à disposição da sociedade e também do parlamentar, que precisa ter um contato mais próximo com o eleitor.

Ficou combinado que uma comissão discutirá proposta de legislação específica, que também serão debatidas com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


Leia mais: "Convergência tecnológica" é um dos nós do futuro da internet

Nenhum comentário: