31 de jan de 2013

Pôster da Copa de 2014 foi divulgado nesta quarta-feira (30)

Desenhos de pernas, fauna e flora formam o Pôster da Copa de 2014, a imagem é um mapa estilizado do Brasil.

Foi divulgado nesta quarta-feira (30), no Rio de Janeiro, o pôster oficial da Copa do Mundo de 2014. A imagem é um mapa estilizado do Brasil, com os contornos definidos por desenhos de duas pernas disputando uma bola, além de imagens da fauna e da flora brasileira. O cartaz da primeira Copa realizada no Brasil, em 1950, também teve uma perna de jogador e uma bola.

 O cartaz foi criado pela agência brasileira Crama, que venceu outras duas concorrentes. A escolha foi feita por uma comissão de notáveis formada pela ministra da Cultura, Marta Suplicy, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do Comitê Organizador Local da Copa (COL), José Maria Marin, pelo secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, pelos ex-jogadores e membros do COL Bebeto e Ronaldo, e pelo artista plástico Romero Britto.

Em comunicado oficial divulgado à imprensa, a Fifa explicou o conceito do pôster: "A criação retrata a beleza e a diversidade do Brasil por meio de um desenho colorido, vibrante e carregado de emoção. O conceito criativo por trás do cartaz – "Todo um país a serviço do futebol – Brasil e futebol, uma identidade compartilhada" – foi o que inspirou a Crama a pensar no desenho vencedor. Isso fica evidente em toda a peça, principalmente no detalhe das pernas dos jogadores disputando a bola e revelando ao mesmo tempo o mapa do Brasil", afirmou a entidade.

Em entrevista coletiva foi anunciado um grupo de seis personalidades do futebol brasileiro que passam a ser embaixadores da Copa do Mundo de 2014: a jogadora Marta, cinco vezes eleita a melhor jogadora do mundo, o ex-jogador Ronaldo, atual membro do COL, o ex-atacante Bebeto, também membro do COL, o ex-zagueiro Carlos Alberto Torres, capitão da seleção de 1970, Amarildo da seleção de 1962, e Mário Jorge Lobo Zagallo. 

Do Uol

 

2 comentários:

Jama Libya disse...

O Samba mascote da Copa do Mundo no Brasil 2014 seria ideal e mais justo e positivo que significa o espírito do povo brasileiro junto com o futebol fez o Brasil! Se não fosse a arte dos negros seria o Brasil Campeão do Mundo 1958 Pelé Garrincha, 1962 Garrincha e Didi, 1970 Pelé e Jairzinho, 1994 Romário, 2002 Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Rivaldo e Roberto Carlos. CBF e seus caras pálidas José Maria Marin e Marco Polo Del Nero ao comando da CBF. Ricardo Teixeira e João Havelange, não seriam nada ou seriam a políticos corruptos ou estariam dando golpes no povo brasileiro. No diagnóstico produzido pelo Governo Federal apresentado ao Conselho Nacional de Juventude – CONJUVE de 2010, 2011 e 2012 morreram no Brasil em media mais 50.000 jovens vítimas de homicídio, ou seja, 26,2 a cada 100 mil habitantes. 80,6% das vítimas eram afros brasileiros (negros e pardos) uma lamentável e triste comparação da chacina da 232 mortos em Santa Maria(RG) são mais 200 chacinas todo ano, só que sem a comoção nacional.Ha muita gente revoltada contras as cotas raciais em favor dos negros,mas estes não se comovem com HOLOUCAUSTO NEGRO do Brasil e mitigam ou desprezam a importância negra na contribuição histórica,social,cultural e na riqueza para este pais e segundo especialistas o melhor e mais significativo nome para o mascote da Copa do Mundo no Brasil seria Mascote Samba que significa o espírito do povo brasileiro junto com o futebol fez o Brasil ser conhecido no mundo inteiro,mas para elite brasileira isto seria uma blasfêmia um absurdo uma vergonha? Taryk Al Jamahiriya. Afro-indigena brasileira da Organização Negra Nacional Quilombo – ONNQ 20/11/1970 – REQBRA Revolução Quilombolivariana do Brasil quilombonnq@bol.com.br

Jama Libya disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.