28 de set de 2009

Roberto Freire e Raul Jungmann do PPS fazem propaganda suja na TV, para enganar a população. Prejudicar o Presidente Lula e o Povo brasileiro, não!

Façamos uma retrospectiva.

Raul Jungmann (foto), Deputado Federal pelo PPS, fez um comentário irresponsável em Abril de 2009, que atrapalhou a economia brasileira. Disse que o Lula sacaria a caderneta de poupança, como fez Fernando Collor de Melo, em 1990. A propaganda desta crueldade para a população, menos informada, elevou os saques na poupança (veja a matéria abaixo na Folha).

Qual a intenção do PPS (unido ao PSDB e Democratas), na época:? Lançar informação distorcida e mentirosa (política destes partidos) para prejudicar a campanha do PT para a presidência. A irresponsabilidade do deputado repercutiu no mercado, entre analistas econômicos e investidores.
Sérgio Leo, no texto do Favre, comenta: "Mais difícil ainda é aceitar a exploração política irresponsável e de má fé que acabo de ver na propaganda do PPS.

Nesta semana o partido PPS lançou sua campanha e as parcerias com o PSDB e Democratas.

A bandeira de campanha do PPS, com a presença do Roberto Freire (foto) (presidente do partido) e do Raul Jungmamn, usou o mesmo argumento de que o Presidente Lula irá mexer com a poupança do Brasileiro.
A intenção é a mesma: desmoralizar o PT e, principalmente, atrapalhar a candidatura da Dilma.

Leia abaixo publicações de Favre e Nassif

Sergio Leo "põe os pingos" e confessa, sem rir, ter achado o PPS um partido sério.

Por Luis Favre - 24.04.09

A poupança e a canalhice de Raul Jungman, por Sergio Leo

Toda pessoa com alguma informação sabe que, com a queda dos juros, a caderneta de poupança tende a ficar mais atrativa, para ganhar dinheiro, do que os fundos de investimento. A poupança é isenta de imposto, os fundos, não; os fundos têm correção ligada aos juros da dívida Tesouro, que, para felicidade geral da nação, estão caindo; as cadernetas têm rendimento garantido de 0,5% acima da TR, que reflete as taxas de juros do mercado, maiores que os juros básicos do tesouro.Daí que o governo não quer esse inchaço da caderneta, com a migração especulativa (especulação legítima, aliás) do dinheiro hoje depositado nos fundos para a caderneta. Para os bancos também é um problema, porque os depósitos em cadernetas não podem ser usados livremente para qualquer tipo de crédito. Vai ter mudança, o governo estuda uma forma de baixar o rendimento da poupança, e o Lula pediu aos técnicos para darem um jeito de manter, pelo menos, o rendimento das poupanças menores. Troço difícil.

Mais difícil ainda é aceitar a exploração política irresponsável e de má fé que acabo de ver na propaganda do PPS. O Raul Jungman, que já namorou uma grande amiga minha, teve outra amicíssima como assessora e sempre teve meu respeito, apesar de todas as polêmicas em que se envolveu, aparece no vídeo explorando a ignorância dos pobres e das pessoas mal informadas, ao dizer que o governo vai “mexer na poupança como fez o governo Collor”.

Ora, o Collor, em 1990, CONFISCOU dinheiro da poupança. As pessoas não puderam sacar o que tinham lá. O) máximo que sairá agora será uma redução no rendimento, ou um imposto para maiores investidores.

Qual a intenção do Jungmann, usar a ignorância das pessoas para provocar confusão? Ele não se importa de provocar prejuízos nos velhinhos, nas pessoas com menores economias, que, com medo de terem seu dinheiro confiscado, vão correr para sacar das cadernetas num momento em que elas são a melhor alternativa de investimento para elas, só abaixo do Tesouro Direto?

Isso nem efeito contra o Lula pode ter, estamos longe das eleições, o que vier a ser feito será em breve, e ficará claro que será diferente do que fez o Collor (embora sempre se possa explorar legitimamente o fato de que, no governo Lula, a caderneta passou a render menos, dependendo do que façam).

Mas apavorar os poupadores espalhando um boato que sabem ser falso é baixaria. Política medíocre, pequena, atrasada. Nojenta mesmo. Coisa sem caráter.

E eu, que achava o PPS um partido sério.

Sergio Leo – Sitio do Leo

-----------------------------------------------------------------------------

O Terrorismo do PPS

Por Nassif - 07.05.09

Texto de Anarquista

Meu sogro é caseiro e roceiro de um sítio nas proximidades de Poços de Caldas.Uma pessoa sem alfabetização.É crente do Jornal Nacional e do ”zum zum zum” de quem faz coro.

Pro meu desgosto a Master me comunica: Meu pai tirou o dinheirinho dele da poupança( 1 200 reais) com medo de perde-lo.

Fiquei louco da vida e tentei explicar que aquele deputado que criou essa fantasia,não passava de um aproveitador. A Master é ”Malandra” e concordou,mas acrescentou: Agora está feito.

Pensava eu, que meu sogro era o único que acreditou na leviendade de um deputado e que ainda teve repercussão imensa na “”imprensa”” que forma opiniões de leigos.

Mas agora leio em letras garrafais no Uol:

“”Poupadores elevam saques da caderneta a quase R$ 1 bi em abril”” leia abaixo.

Então fico pensando: Pode um cara desses ficar impune? Pra ser contra o governo( como eu) precisa destruir credibilidades ou inventar coisas?

Raul Jungmann precisava ser tão irresponsável assim?

Folha Online

Poupadores elevam saques da caderneta a quase R$ 1 Bi em Abril

Por Eduardo Cucolo - Folha - Brasilia

A saída de recursos da caderneta de poupança aumentou em abril. Segundo dados do Banco Central, os saques superaram os depósitos em R$ 941,55 milhões no mês passado.

Esse foi o segundo mês consecutivo de retirada de recursos da poupança –em março, o resultado ficou negativo em R$ 846,8 milhões. Foi também o pior resultado desde abril de 2008, quando a poupança registrou uma saída de R$ 1,85 bilhão.

Nos últimos 12 meses, a poupança só havia registrado fuga de recursos em outubro (R$ 284 milhões), janeiro (R$ 486 milhões). Nos outros meses, o resultado estava positivo.

Nesse ano, a poupança já registra uma saída de R$ 1,523 bilhão. No mesmo período do ano passado, o resultado estava positivo em R$ 1,8 bilhão.

2 comentários:

RLocatelli Digital disse...

pps, um partido em extinção.

Mack disse...

PPS = Paga Pau do Serra