17 de jun de 2009

Educação - Novo Enem será usado por 42 universidades em 2009 e 2010

Editado pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República
Nº 825 - Brasília, 16 de Junho de 2009


Das 55 universidades federais do País, 42 já decidiram usar o novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em seus processos seletivos de 2009 e 2010. O prazo de inscrições para o exame, que será realizado em outubro, começou na segunda-feira (15) e vai até o dia 17 de julho. Até o início da tarde da última terça-feira (16), mais de 305 mil estudantes já haviam se inscrito para o novo exame.

As universidades tiveram quatro opções na hora de definir se adotariam ou não o novo Enem como processo seletivo: como fase única; como primeira fase do processo; em combinação com o vestibular já existente ou como fase única para as vagas que sobrarem do vestibular. Instituições em fase de criação, como as universidades federais da Integração Latino-Americana (Unila), da Integração Amazônica (Uniam), Luso-Afro-Brasileira (Unilab) e da Fronteira Sul (UFFS), também já decidiram adotar o exame quando entrarem em funcionamento.

As provas, divididas em quatro grandes áreas do conhecimento - linguagens, matemática, ciências da natureza e ciências humanas - vão valorizar o raciocínio lógico e exigir menos memorização. “O exame continuará medindo as competências e habilidades do estudante do ensino médio, acabando com a cultura da ‘decoreba’, das fórmulas prontas, e estimulando a capacidade de raciocínio”, explica o ministro da Educação, Fernando Haddad.

Além de estimular a reestruturação dos currículos do ensino médio, o novo processo pretende democratizar as oportunidades de acesso às vagas na educação superior federal e possibilitar a mobilidade acadêmica (intercâmbio de estudantes e professores entre universidades), já que, com uma única prova, no local em que mora, o estudante poderá participar de seleções de diferentes partes do País.

Inscrições - Os estudantes interessados em participar do exame deste ano devem fazer a inscrição na página eletrônica do Enem (http://sistemasenem2.inep.gov.br/Enem2009/). A taxa é de R$ 35, com isenção para alunos de escolas públicas e estudantes que comprovem renda insuficiente.

Nenhum comentário: