5 de jun de 2009

Transporte de São Paulo é o pior do Brasil. A saúde e a educação também

19/maio/2009 9:58
Onde ficou a nora da Neuza ? Sumiu !

Onde ficou a nora da Neuza ? Sumiu !

Deu no Agora, primeira página:

“Lotação e empurra-empurra – Acidente interrompe a principal linha da CPTM por quase 10h – O descarrilamento de um trem … interrompeu a circulação entre o Brás e o Tatuapé até o fechamento das estações … A linha doze é a mais movimentada …”



O transporte público de São Paulo é o pior do Brasil.
Nem o SP-TV do Carlos Tramontina e da Globo, que trata Zé Pedágio com especial deferência (nada que se compare à Folha (**), é claro), conseguiu omitir as cenas de violência e vandalismo que caracterizaram a ação dos agentes governamentais contra os passageiros nas plataformas do metrô.A Neuza, que trabalha comigo, chegou à estação com a nora.

A Neuza embarcou, mas, cadê a nora ?

A nora sumiu no bolo e não embarcou …

O assunto, aparentemente, não tem a menor importância.

Porque não mereceu a primeira página da Folha (**) ou do Estadão.

Como diz o Conversa Afiada, os tucanos de São Paulo são uma invenção do PiG (***) de São Paulo …

Chamam Zé Pedágio de “economista competente” e ele não é uma coisa nem outra.

Clique aqui para ver que Jose Serra não pode se inscrever no Tribunal Eleitoral como economista, porque não é formado no Brasil. Nem economia nem em engenharia

O transporte público não funciona e a saúde publica também não.

O mesmo Agora publica na primeira página a história de Luciana, a mãe que rodou mais de 5 meses e 313 quilômetros atrás de um exame num hospital do governo de São Paulo para cuidar da filha, Thalia, que sofre de otite aguda.

E a educação ?

A educação do Zé Pedágio presta ?

O transporte e a saúde pública não prestam.

E a educação do Zé Pedágio ?

Aquela educação que fez um mapa da América do Sul com dois Paraguai ?

É aquela educação pública que compra a Veja, a Folha e o Estadão e distribui aos professores, de graça – para ajudar o faturamento combalido do PiG.

Clique aqui para ler como Zé Pedágio e seu Ministro da Educação ajudam o PiG

Paulo Henrique Amorim

Nenhum comentário: