1 de jun de 2009

Boa educação, enquanto o Lula valoriza, o Serra destrói.

A matéria abaixo destaca a crítica da mídia quanto aos livros utilizados para crianças com conteúdos adultos.
O material utilizado é um livro de quadrinhos de Orlando Pedroso e dela fazem parte 11 cartunistas.
As obras tem que ser respeitadas, veja no blog do Nassif.

As obras são especificamente para adultos e não para crianças.
É necessária a observação da irresponsabilidade da administração do governo de São paulo,

que não respeita artistas, crianças, alunos e professoras, aliás não respeita ninguém.


De Luis Favre

Em discurso de improviso, ontem, em evento de lançamento do primeiro Plano Nacional de Formação de Professores, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que, com a implementação desse plano e a consequente melhoria na formação dos profissionais de educação, não haverá mais no país mapas com dois Paraguais e alguém tentando fazer incorretamente educação sexual por meio de um livro.

Neste ano, a Secretaria da Educação de São Paulo recolheu o livro didático que trazia erros no mapa da América do Sul e havia enviado a alunos de terceira série um livro com palavrões e conotação sexual.

Secretário de Serra admite falhas em processo de escolha de livros.

Nas últimas semanas, reportagens da Folha mostraram que, dos 818 títulos distribuídos para alunos da rede estadual de ensino na faixa dos nove anos, dois tinham linguagem inadequada: um livro em quadrinhos trazia palavrões e outro, um poema com ironias do tipo “nunca ame ninguém. Estupre”. ( quanta precisão nas contas). A seriedade da Folha é a toda prova. Nada a ver com aqueles jornais que dizem, por exemplo, “donos de carros de luxo recebem Bolsa-família” mesmo sendo dois gatos pingados, em milhões)

O Secretário Paulo Renato vai criar uma comissão para ler os livros antes de serem distribuídos às crianças. Uma boa ideia. Extraordinária!

Não tinha pensado. Vão avaliar se um livro pode ser lido por crianças, ANTES dá criança receber o livro. Talvez até avaliem antes de comprar o livro. Puxa, quanta luz.

Nada como uma experiencia acumulada de 14 anos governando o Estado e praticando a modernização e a eficiência do serviço público.

Cuidando da gente

LF

Fonte Folha SP

Um comentário:

Armando, Paula, Cinira e Fabrício disse...

Boa tarde.
Estamos muito tristes com todo descaso com a nossa realidade nas escolas públicas e no país.
Pena, não podermos acompanhar as reuniões em São Paulo, mas encontramos um canal de informação.
Estaremos apoiando totalmente todos os projetos de nossos colegas professores do Estado, e na política no geral.
Queremos saber da verdade, e precisamos de respeito.
Abraços
Professores de Catanduva.